“O monge que vendeu o seu Ferrari”, de Robin Sharma

Outubro 11, 2020 Zita Rocha 1 comment

“O monge que vendeu o seu Ferrari”, de Robin Sharma

16 Outubro 2020

WhatsApp Image 2020-08-13 at 14.43.11

Escrito por Zita Rocha

Um livro de instruções sobre como viver melhor? Sim, por favor! Bem sabemos que isso não existe, mas todos os conselhos são bem-vindos nestas nossas jornadas de crescimento e evolução pessoal.

Ainda estou nas primeiras páginas deste livro e já sei que vou gostar. “O Monge que Vendeu o seu Ferrari” é um bestseller internacional escrito por Robin Sharma em 1997, depois de abandonar uma carreira promissora como advogado litigioso aos 25 anos. São lições poderosas que podem ser aplicadas à vida profissional de cada um, aliando a sabedoria espiritual do Oriente aos princípios ocidentais de sucesso e trabalho. E como sabem, tenho um especial interesse por tudo aquilo que a filosofia oriental tem para ensinar.

Durante a minha pesquisa por opiniões sobre este livro, deparei-me com várias pessoas que diziam ter tudo aquilo que, supostamente, seria a fórmula perfeita para uma vida feliz – sucesso, dinheiro, emprego prestigiado -, mas que, na verdade, apenas se sentiam vazios, insatisfeitos. Não concordo com a máxima de que o dinheiro não traz felicidade. Sejamos sinceros, estabilidade financeira previne o stress e as dificuldades que, muitas vezes, são obstáculos reais à felicidade. Concordo, no entanto, que não é e não pode ser o nosso único objetivo. Daí eu gostar da mensagem deste livro, centrada na procura do sucesso, sem negligenciar as nossas necessidades emocionais e morais.

“Trocar lucro por significado” é, a meu ver, a lição mais importante entre as que li até agora. Talvez me identifique com esta citação porque vai ao encontro da minha própria posição na vida e no trabalho: descomplicada, apaixonada e minimalista. O meu mais recente projeto, a loja Antarte Feng Shui Concept, é a materialização daquilo em que mais profundamente acredito: encontrar felicidade em trabalhar na minha paixão e melhorar a vida daqueles à minha volta enquanto o faço. Alcançar este objetivo, para mim, significa tudo.

TAGS

#slowliving #fengshui #book #booklover #reading #omongequevendeuoseuferrari #robinsharma #robinsharmaquotes #positivequotes #successquotes #motivation #amclub

1 Comment on ““O monge que vendeu o seu Ferrari”, de Robin Sharma

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.