O azulejo português nas bocas do mundo

Janeiro 7, 2020 Zita Rocha 1 comment

O azulejo português nas bocas do mundo

15 Janeiro 2020

e91533976cb87c5f1a57197b0098c256

Escrito por Zita Rocha

O revivalismo do azulejo português não apanhou ninguém em Portugal de surpresa: o encanto, charme e carisma que emprestam a qualquer superfície são o suficiente para explicar o deslumbramento do mundo por esta nossa tradição.

Há muitas razões para se ter orgulho na arte e tradição portuguesas e a azulejaria é uma delas. Ao longo do tempo, tornou-se uma solução decorativa amplamente popular que se estendeu à paisagem urbana – o deslumbrante panorama portuense é prova disso mesmo. 

Como forma de conservar esta memória, temos projetos como Os Azulejos do Porto, de Marisa Ferreira e Alba Plaza, com a missão de reunir imagens dos emblemáticos azulejos que cobrem a cidade Invicta num arquivo digital, incluindo toda a informação que foi possível descobrir sobre a história, autoria e proveniência de cada um. Poderão até servir-lhe de inspiração.

Sempre tive um gosto especial em incluir painéis ou apontamentos azulejares nos meus projetos de design de interiores e tento seguir artistas que mantêm viva esta herança. A Meinke Flesseman, por exemplo, tem trabalhos lindíssimos que aconselho a descobrir, inclusive um criado especialmente para a Herdade da Rocha. 

Painel azulejar criado por Meinke Flesseman para a Herdade da Rocha

A Antarte quis também honrar este legado com o Cadeirão Paris, que elegi como móvel do ano pela forma como alia o conforto ao estilo enquanto, ao mesmo tempo, presta homenagem à tradição portuguesa.

Tem algum pedaço de história decorativa portuguesa em casa que faz questão em manter, independentemente das tendências? Adorava ver fotos!

TAGS

#styleforliving #tile #portuguesetile #portugal #azulejo #art #traditional #trend #interiordesign #interiordesigner #interiordesignerlife #design #tiledesign #homedecor #backsplash #luxury #tilework #ceramic #color #pattern

1 Comment on “O azulejo português nas bocas do mundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.