Cortinas, tapetes e espelhos: os sins e os nãos

Julho 20, 2020 Zita Rocha 1 comment

Cortinas, tapetes e espelhos: os sins e os nãos

20 Julho 2020

e91533976cb87c5f1a57197b0098c256

Escrito por Zita Rocha

Cortina até ao chão ou até ao peitoril da janela? Tapete por baixo do sofá ou apenas à frente? Com espelho ou sem? São questões com as quais todos nós já nos deparámos. Veja o que ditam as regras da boa decoração.

A perfeição está nos detalhes, concorda? Um look não está completo sem eles, mas conjugá-los nem sempre é tarefa fácil. Quantas de nós já não virámos o closet do avesso à procura daquele par de sapatos? Na decoração de interiores, as cortinas, os tapetes e determinados objetos, como os espelhos, podem criar o ambiente ideal ou torná-lo incoerente e desarmónico. Vejamos como evitar.

Antarte - Cama Casal Paris

A minha sugestão para as cortinas é que as mantenha simples, de maneira a complementar a decoração mas sem assoberbá-la. De seguida, deve decidir o que servirá melhor o espaço: cortinas translúcidas ou opacas, consoante o nível de luminosidade e privacidade que a divisão requer. Num quarto, por exemplo, sugiro a todos os meus clientes a opção de blackout para uma noite de sono ininterrupta e saudável. As cortinas deverão ficar a meio centímetro do chão e, no topo, deverão ser colocadas logo acima do peitoril ou um pouco mais acima ainda para criar a ilusão de tetos altos.

Antarte - Mesa de Centro Oslo

Reparo que as maiores dúvidas relativamente aos tapetes prendem-se principalmente com a sua colocação na sala de estar e nos quartos. Na sala de estar, o tapete que escolher deve, mais uma vez, jogar com a decoração. Contudo, poderá ser um pouco mais ousada com as cores e padrões. Deverá ser, idealmente, do tamanho do sofá, mas poderá cobrir apenas a zona dos pés. No quarto, deverão ser colocados à volta da cama, nunca por baixo de maneira a que impossibilite a devida limpeza.

Antarte - Espelho Londres

Quanto aos espelhos, já sabe a minha opinião sobre tê-los no quarto. Exceto na zona de vestir, é de evitar. De resto, o meu conselho é muito simples: devem sempre duplicar beleza. Os espelhos podem ampliar verdadeiramente um espaço ao refletir, por exemplo, a paisagem exterior. Não sendo possível, uma obra de arte será a alternativa perfeita.

TAGS

#styleforliving #interiordesign #interiordesigner #tips #decor #curtain #rug #mirror

1 Comment on “Cortinas, tapetes e espelhos: os sins e os nãos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.