Categoria: SLOWLIVING

Maio 25, 2021 Zita Rocha No comments exist

SLOWLIVING Banho de floresta 07 Junho 2021 Escrito por Zita Rocha Não é por acaso que muitos portugueses escolhem fugir para o campo nos momentos em que mais precisam de renovar energias. No Japão, chamam-lhe shinrin-yoku, ou banho de floresta – o mais refrescante de todos. É no silêncio e tranquilidade do campo que muitos de…

Maio 25, 2021 Zita Rocha No comments exist

SLOWLIVING Parceiros no amor e no negócio 02 Junho 2021 Escrito por Zita Rocha Trabalhar com o parceiro pode fortalecer ou prejudicar a relação. Os segredos de uma boa parceria no amor e no negócio são o planeamento, a comunicação e o respeito mútuo. Quando fundámos a Antarte, em 1999, não poderíamos imaginar que viria…

Maio 17, 2021 Zita Rocha No comments exist

SLOWLIVING Vovó radical 30 Abril 2021 Escrito por Zita Rocha O que há de maravilhoso nos elogios dos mais novos é que são feitos pelos críticos mais honestos. Daí que quando o Martim me apelidou de ‘vovó radical’, não consegui deixar de ficar embevecida. As mulheres são diariamente bombardeadas com expetativas sobre o nosso aspeto….

Maio 10, 2021 Zita Rocha No comments exist

SLOWLIVING A importância de respirar fundo 26 Abril 2021 Escrito por Zita Rocha A realidade que estamos a viver é tão assustadora quanto frustrante. A impaciência é uma resposta válida ao stress, mas não permita que a absorba. Lembre-se que não está sozinha neste sentimento e respire fundo. Não é à toa que se tem…

Abril 7, 2021 Zita Rocha No comments exist

SLOWLIVING Abrandar também é preciso 31 Março 2021 Escrito por Zita Rocha Deixemo-nos de glorificar o excesso de trabalho. Há uma razão para a expressão ‘workaholic’ ter o sufixo que tem: é um vício, um muito difícil de quebrar. Trabalhar em excesso é um hábito fácil de justificar. Primeiro, porque a sociedade à nossa volta…

Fevereiro 16, 2021 Zita Rocha No comments exist

SLOWLIVING Um dia mascarado de confinamento 16 Fevereiro 2021 Escrito por Zita Rocha A pandemia privou-nos de muitas datas especiais e de muitas memórias. Mas não pode privar-nos de imaginar um dia diferente, repleto da fantasia de sempre. Não será um Carnaval como os outros, a não ser que já não tivesse por hábito celebrá-lo….